Jassica Daniela Tavares Fernandes

Livro: sofrer e amar
Autor: João Mohana (brasileiro, foi sacerdote)
Género literário: narrativa

Este é o título do livro que escolhi para partilhar com os meus colegas na leitura recreativa feita quinzenalmente. A escolha desse livro deve – se ao facto de o título ser muito chamativo e ao mesmo tempo convida o leitor a fazer uma viajem para os mais variados assuntos que ele contém

Ele encontra – se dividido em vários capítulos que ilustram a psicologia e teologia do sofrimento. Transmite ideias que estão relacionados à dor, ensina ao leitor como deve encarar o sofrimento, as dificuldades do dia – a – dia e que atitude tomar face a uma angústia, uma magoa ou uma decepção. Também acarreta ideias interessantes, que fazem parte da nossa vida, transmite a percepção de que o sofrimento é um aspecto que faz parte da vida da cada um de nós e que para ultrapassar esta fase é basta termos coragem porque ela trata – se de um castigo justo, uma arma necessária para haver progresso, ordem ou fraternidade. Estabelece diferentes perspectivas do sofrimento e dá a conhecer de que enquanto não o conhecemos não somos levados a apaixonar por ele, mas é ele que nos torna humanos.

Da mesma forma que dá a conhecer os aspectos do sofrimento, também transmite ao leitor ideias sobre a felicidade, refere que para alcançar este bem é necessário sofrer e que não devemos deixar ser dominados pelo desejo de ser feliz, acrescenta ainda que a felicidade nunca vem por inteiro, ela vem aos poucos. Ensina como devemos sofrer, dá a entender que para ultrapassar essa fase é basta ter coragem e não desistir e que devemos encarar o sofrimento como sendo um bem necessário para construção da nossa personalidade.

Reflexão:
A partir da leitura desse livro passei a ter uma nova concepção do sofrimento. Entendi que ele pode ser encarado como um mal mas também pode ser encarado como um bem, isso depende da concepção e da maneira como cada um escolhe para ultrapassar o seu sofrimento. Este como faz parte da vida do ser humano é necessário saber – mos lhe dar com ela e para isto basta conhecermos os seus benefícios. Se bem souber – mos encarar a nossa vida e especialmente o nosso quotidiano será fácil entender que o sofrimento pode surgir em instantes transtornando todos os dados e alterando por completo as coordenadas da nossa existência mas isto não pode ser um impedimento na nossa vida.

Para saberem mais sobre os assuntos deste livro é basta lerem, por isso convido a vocês caros leitores a viajarem nas diversas páginas deste livro:

transferir (8)

Publicado em 09/05/13 por Jassica Fernandes
Post de leitura nº 1

Livro: Vinte e Zinco
Autor: Mia Couto
Género: Romance

Mia couto nasceu na Beira, Moçambique, em 1955.foi jornalista, é professor, biólogo e escritor.

O romance que li é de sua autoria, foi escrito em 1999.

“Vinte e zinco” é um romance que descreve a situação existente em Moçambique antes e depois da revolução dos cravos em Portugal.
É uma obra em que a acção centra numa família de portugueses que moravam em Moçambique e deixa transparecer a reconstrução da sociedade moçambicana.

A narrativa começa por relatar sobre o Lourenço de castro que era um português que desempenhava a função de inspector da PIDE em Moçambique, também dá destaque aos seus medos e é descrito o seu carácter fechado, isto deve – se ao facto de este acreditar em crendices e ter medo dos negros, ele constitui a personagem central desta trama. Portanto este facto dá a ideia de que a sociedade moçambicana era cheio de crenças em feitiçaria porque todas as passagens deixam transluzir essa ideia. Esta obra traz elementos que autenticam a identidade moçambicana e do mesmo modo traz personagens que simbolizam o seu país e toda a movimentação da história se passa na vila de Moebase e também relata um outro aspecto que é a disputa entre os negros e os brancos.

O facto que considerei muito interessante é que no inicio de cada capítulo é utilizado uma epígrafe que reproduz o pensamento de algumas personagens, este serve de indicador do tema a ser desenvolvida no capítulo.
De facto é um romance muito interessante e atraente porque ao longo da leitura eu sentia o prazer em interagir o que despertou muito a minha curiosidade em relação ao seu desfecho.

Resumo:
Relata a história de Lourenço de castro com a sua família em Moçambique, este desempenhava função de agente da PIDE e por isso sentia medo dos negros. Isto deve – se ao facto da existência de feitiçaria, e por isso era sempre protegido por sua mãe Margarida que o amparava nos momentos de crise, e sua tia Irene que por se apegar aos costumes Moçambicanos era tida como louca. Lourenço tinha um carácter muito arrogante que talvez ele tenha herdado do seu pai já falecido por isso suspeitava da cegueira de Andaré um moço muito sabido que alcançou a cegueira já adolescente provocado por maus tratos praticados por Joaquim pai de Lourenço. Andaré é amigo da Irene que era uma jovem portuguesa muito linda que apaixonou por um mulato que acabou por falecer mais mesmo assim continuou com a sua paixão o que provocava mais raiva em seu sobrinho porque este tinha a missão de a proteger. Tanto ela como a margarida recorriam à uma feiticeira jesumina que era respeitada por todos devido a sua sabedoria sobrenatural. A história termina depois da revolução dos cravos facto que faz com que a mãe de Lourenço retorne para Portugal mas o filho e a Irene não chegam a ir.
Irene não se sabe ao certo o que terá acontecido com ela mas já o Lourenço acaba por ser morto depois da libertação dos presos.

Para saberem mais informações sobre esta obra é basta lerem, e também ficarei agradecida se deixarem as suas opiniões e sugestões de melhoramento.

transferir (7)

publicado em 13/05/13, por Jassica Fernandes
Post nº 2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s