Francoise Seck

Era numa quarta-feira do dia 07 de Outubro de 1989, por volta das 5h da tarde, que no Hospital Principal do Senegal uma fofinha menina arrebentou sua casca de ovo para dar um beijo aos seus pais e dizer “OI” ao mundo.

Essa fofinha viveu os seus primeiros seis anos como uma Princesinha…

 No dia 05 de Janeiro de 1995, ela compreendeu da pior maneira que a vida não era tão bonita e tão cor-de-rosa como nos contos de fadas; perdeu o seu querido pai. Com o apoio da mãe, da avó materna e das irmãs ela conseguiu dar volta por cima e se tornar na Mulher que é hoje.

Eu sou Françoise Seck, e se fosse uma cor, seria Branca; se fosse um animal, seria um Coelho; se fosse uma cidade, seria Veneza; se fosse uma princesa, seria Cinderella e se fosse uma pessoa especial, seria a minha Mãe.

Anúncios

One thought on “Francoise Seck

  1. Esse poema é muito lindo. O que falta nele é a coeréncia , estão ali verbos mal conjugados . mas também eu gostaria de saber qual é o títilo desse poema.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s