O Homem e a Mulher

O HOMEM E A MULHER

1

Agora vou contar-vos uma história de três meninos. Os três irmãozinhos juntaram todo o dinheiro que tinham, compraram muitas guloseimas: rebuçados, chocolates, pastilhas elásticas, bolachinhas, sumo, encheram uma bolsinha e guardaram. Fizeram um contrato entre eles. O mais velho disse:

– Oiçam, vamos fazer um contrato. Quando deitarmos, temos que sonhar. Amanhã, quem contar o sonho mais bonito que teve durante a noite, vai ganhar aquela bolsa que tem todas aquelas guloseimas lá dentro.

Todos deram de acordo.

À noite, despiram, deitaram para dormir e todos disseram que tinham que sonhar. Mas sabem uma coisa? Sabem o que é que aconteceu? O mais novo que tinha dez anos levantou no meio da noite e foi espreitar os outros para ver o que é que estavam a fazer. Encontrou-os todos a dormir e foi deitar também. No dia seguinte de manhã, todos levantaram a contar os seus sonhos. Mas ninguém chegou na bolsa para verificar como é que estava. Começaram a contar os sonhos. Quem contou primeiro foi o do meio, que tinha doze anos.

Ele disse:- Oiçam, eu sonhei que estava no céu. O céu tinha ruas de ouro, cadeiras de ouro, o chão era todo alcatifado! Eu estava num lugar agradável! Lá no céu, todos aqueles anjos vinham ao pé de mim, traziam-me tantas coisas bonitas; trouxeram-me muitos brinquedos; trouxeram-me um avião tão bonito! Eu fiquei lá no céu. Brinquei com todos aqueles brinquedos. Quando mostraram-me o meu quarto, este tinha belas paredes; tinha televisão à cor; tinha todas as coisas tão bonitas. Eu estava contente, lá no céu! Eu disse “lugar mais bonito do que este? Não existe!”

Depois, o mais velho tinha sido inspirado e disse:

 – Agora é a minha vez! Sabem, eu tambémvou contar-vos o meu sonho, que é bonito! Oiçam, eu sonhei que estava num lugar muito bonito! Um lugar cheio de flores,de plantas, tinha frutas! Lá naquele jardim, no meio daquelas árvores de fruta, tinha um palácio. Naquele palácio as portas eram todas de espelho! Quando alguém entrava era visto em todos os espelhos. Por exemplo, a minha cara estava aparecendo em todos os espelhos! As paredes eram cheias de espelhos. Quando as portase as janelaseramabertas,pensava-se que eram músicas! Tinha de tudo dentro daquele palácio. Eu estava muito bem! Encontrei lá dentro uma princesa! Tinha tudo e mais alguma coisa. Aquela cama na qual puseram-me deitar, tinha rendas; cortinados bonitos; tinha televisores!Eu estava bem naquela casa; a minha vontade era que não amanhecesse, pois, eu estava bem naquele lugar. Quando eu saía na janela, eu via passarinhos de várias cores que cantavam e tão bem! Eu estava mesmo encantado com aquele lugar, aquele lugar cheio de espelhos, de flores, perfume por todo lado! Era mesmo uma coisa muito bonita! “Ho!…” Quando acordei, disse: “Não acredito!”“Não passa de um sonho!”

Todos gostaram deste sonho. Agora, chegou a vez do mais novo, de 10 anos, contar o seusonho! Disseram-lhe:

– Conta o teu sonho também! Conta, queremos ouvir.

Ele disse:

Oiçam uma coisa, meninos! Eu sonhei que o meu irmãozinho mais velho encontrou um palácio com todas as coisas: com brinquedos, com boas comidas, boa cama, bom lugar para tomar fresco. Eu pensei que ele não vinha! Eu sonhei também com o meu irmão do meio (aquele que tem 12 anos) que ele foi para o céu, encontrou todas aquelas coisas lá, lugar também bonito, com muitos brinquedos. Eu disse: “Bom, se os meus irmãos estão tão bem, é porque não voltarão mais!” Então, o que é que eu fiz? Fui naquela bolsinha, disse: “Agora, já fiquei sozinho aqui!” Então, fui naquela bolsinha, comi todas aquelas coisas!

Mas, vejam, os rapazinhos não ficaram zangados. Riram e abraçaram-no. Entretanto, o deles disse:

– Agora vêm! Não precisam ter raiva. Vou levar-vos … vão lanchar.

O pai deles levou-os … para lanchar. Eles saíram contentes e disseram:

– Afinal, quem teve o melhor sonho foste tu, porque se não tivesses sonhado, se não tivesses comido aquelas coisas, agora não estaríamos a ser levados à pastelaria, para lancharmos.

E passaram uma tarde bem diferente de todas as outras.

Traduzido do Cabo-verdiano para Português,

Por Furtado dos Reis

O irmãozinho mais novo tinha 10 anos; o do meio tinha 12 anos; o mais velho tinha 14 anos

Anúncios

One thought on “O Homem e a Mulher

  1. Este texto precisava de uma revisão antes de ser publicado, pois, há palavras que necessitam de espaço entre elas. Por exemplo, nesta frase: «Quando as portase as janelaseramabertas,pensava-se que eram músicas!»

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s