Damas Lima

Li um Romance de um escritor françês Albert Camus cujo titulo é O Estrangeiro.
O estrangeiro é uma narração em primeira pessoa de personagem Meursault, um homem que narra friamente a sua vida diante da realidade absurda que é a existência. A história é dividida em dois momentos, porém ao longo do livro a personagem mantem uma posição indiferente e que remonta ao um milismo e a certa despreocupação com a vida.
A primeira parte é caracterizada pela a morte da mãe da personagem principal que ao relatar o enterro e as personagens da cerimônia, age de forma imperturbável indiferente, não mostrando nenhum sentimento para com os outros.
A segunda é baseada no testamunho de Meursault durante sua estadia na prisão e sua visão sobre o julgamento em relação a seu assassinato.

Reflexão
Acho que devemos viver a nossa vida de acordo com a nossa sensibilidade e a evidencia do absurdo de existir.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s