“NA RODA DO SEXO”

Eu li o livro de Fernando Pessoa de nome “NA RODA DO SEXO”, o livro tem vários capítulos mas eu escolhe o primeiro capitula que é “ A LIBERDADE DA ESCOLHA”.

Neste capitulo fala se da liberdade da escolha o autor disse que o homem é o único animal capaz de criar opções e escolher alternativas e também é o único animal que escolhe, esta é uma verdadeira clara como uma água límpida.

Tonecas tinha ciúmes da sua mulher Zinha porque ela tinha um amigo que se chama Alicedes, eles eram muito amigos, a amizade deles eram muito forte, eles andavam sempre juntos, muitas pessoas pensavam que eles eram namorados ou então irmãos amigos. O autor afirma que nunca o homem pode ser amigo de uma mulher e vise- versa, ele tinha odio de Alicides, até que ele foi brigar com ele e ela não aguentava a mal criação de Tonecas e foi para casa dos pais. Ele implorou, suplicou o perdão da esposa e ela voltou mas ele continuou na mesma.

Um dia ele estava deitado e levantou e foi para a casa de banho ao entrar no corredor, ele ouviu o irmão a falar no telefone e pensou logo que era a Zinha que estava a preparar para trai-lo, depois ele saiu de casa para trabalhar mas não conseguia trabalhar e voltou para casa. Ao entrar na casa com o pé ante pé, foi para o quarto, logo que abriu a porta, ele não encontrou ela mas sim o Alcides e o irmão dele, e ele foi para a sala e encontrou ela sentada, ele ficou com a vergonha, mesmo tempo contente, e ela disse-lhe que o Alcides é Homossexual, ele ficou furioso e tirou a pistola e atirou dois tiros para o ar e eles esconderam, e depois ficaram a discutir, Tonecas bateu duas vezes com a coronhada do Makarof na cabeça de Alcides e ele caiu no chão.

Depois Zinha e Alcides foram passar alguns dias no pico porque ele precisava descansar, depois voltaram, para a Praia, e quando voltaram para a casa, eles encontraram o Tonecas e um homem e eles ficaram espantado e eles não queriam acreditar mas a realidade era clara, e a Zinha disse- lhe que todos nos temos o direito e liberdade de escolha e que cada um deve ter liberdade de se assumir. Alguns minutos depois Zinha e os outros estavam na sala ouviu o ecoou um tiro, e quando foram para o quarto, encontraram Tonecas no caído no chão, ao pé de cama.

Reflexões

Eu achei essa historia um pouco triste e ao mesmo tempo um lição de mural para todos nos porque cada um de nos temos direito e liberdade da escolha, cada um deve ter liberdade de se assumir como ele é, nos não podemos impedir os outros de seguirem os seus caminhos. Como o Fernande disse o homem é único ser capaz de criar opções e escolher alternativas mas é verdade que age por instinto, mas na maioria das vezes age em consequência de um pensamento racional.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s