Sem Família

Olá a todos, sou Maria Teresa de Pina, e vou partilhar convosco um romance muito emocionante, cujo tema é “Sem Família” da autoria de Hector Malot. Neste romance o autor nos conta a história de um menino Chamado Rémi que acreditava ter uma família e aos oito anos descobre que foi encontrado ainda bebé. A mulher que ele acreditava ser sua mãe gostava muito dele e o tratava sempre com muito carinho. Mas o seu pai sofreu um acidente de trabalho e fica impedido de trabalhar, e resolve vende-lo porque a família já não tinha como cria-lo. Rémi foi vendido ao senhor Vitalis que era um músico que fazia espectáculos de rua com os seus três animais, dois cachorros e um chimpanzé e ele viajava de cidade em cidades fazendo divertir as pessoas com o seu trabalho.

Ele o comprou porque ele já estava muito velho e precisaria de alguém para o ajudar nas apresentações. Rémi acompanhava Vitalis em todas as suas viagens, não porque o senhor lhe obrigava, mas sim porque ele passou a gostar da sua nova vida. Numa das viagens que eles fizeram Vitalis foi preso porque agrediu um polícia tentando defender Rémi e o pobre menino teve que se apresentar sozinhos com os animais, e numa das viagens ele Conheceu uma senhora que se chamava Milligan acompanhada do seu filho Artur que era paraplégico. Como Rémi se encontrava sozinho a senhora convidou-o a ficar com ela e o filho porque ela era muito rica e poderia cuidar dele. Ele viveu durante dois meses com a senhora, até que soube da saída de Vitalis da prisão e resolveu regressar para encontrar o seu velho amigo. Apesar do amor que ele tinha pela senhora Milligan e Artur, ele não poderia esquecer do senhor Vitalis.

Ao regressar, Rémi, Vitalis e os seus animais fizeram uma viajem num dia em que fazia uma grande tempestade e ele se abrigaram num lugar abandonado, onde fazia muito frio, o velho não resistiu e acabou por morrer, mas Remi e um dos animais sobreviveram e foram encontrados inconscientes por um casal que resolveu os abrigar na sua casa. Naquela casa ele conheceu a filha do casal que era deficiente visual e que tinha mais ou menos a sua idade. Ele passou a ser considerado membro da família só que por problemas de saúde da filha, o casal teve que se mudar para outra região e infelizmente não podia leva-lo, então ele se viu obrigado a seguir a seu caminho com um dos animais sobrevivente para tentar voltar a sua antiga vida que era apresentar-se nas ruas. Numa destas apresentações ele conheceu Matias que era um rapaz de rua que tocava violão e eles se juntam e começam a trabalhar juntos. Eles se tornaram grandes amigos, e Rémi lhe contou a sua história e o Matias prometeu lhe ajudar a encontrar a sua verdadeira família. Eles decidem procurar a família criou Rémi onde eles descobriram que a sua verdadeira família era de Inglaterra, então eles resolvem viajar por vários lugares até que Rémi descobre que a sua verdadeira mãe é a senhora Milligan, a senhora que ele tivera conhecido e que cuidou dele durante os dois meses no período em que senhor Vitalis se encontrava na prisão e ele fica muito feliz em saber que Artur era seu irmão. Ele e o Matias foram morar com senhora Milligan e depois de vários anos eles viajam para Inglaterra juntamente com a sua verdadeira família onde Rémi encontra a rapariga cega que era sua grande amiga e filha do casal que lhe tinha dado o abrigo após a morte do seu velho amigo Vitalis. Eles se casam e vivem felizes para sempre.

 

Apreciação: O romance “Sem Familia” é uma história muito cativante e emocionante. Ela nos comove ao ver o sofrimento de um menino vendido ainda criança por quem ele acreditava ser seus pais, e que mesmo assim não perde a esperança de um dia encontrar a sua verdadeira família. Esta história nos serve como exemplo para nunca desistirmos de lutar pelo os nossos sonhos, porque no final há sempre uma luz para nos ajudar a encarar os problemas que a vida nos coloca. Também ela nos mostra que nada acontece por caso, que tudo tem o seu propósito.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s