Raquel Cadina dos Santos

Noite Branca
Noite branca é um livro da autoria de António Júlio Valarinho, que pertence a um género teatral. É um livro que insere muito a questão da classe e a consciência individual da destruição que o poder determina.
É um livro que mostra o desenrolar de uma história aparentemente real descrevendo assim de uma forma mais abrangente o dia-a-dia principalmente, um dia e uma noite de um camionista e uma prostituta num bar.
Resumo do livro
Armando é um camionista de 32 anos, casado com quatro filhos, mas devido ao trabalho já não vê a família há algum tempo. É um homem insatisfeito com a vida e a profissão que tem, pois, o grande sonho era ser marinheiro. Vive reclamando de tudo e mostra-se ser um homem rígido, bruto e violento. Margarida, porém, é uma prostituta de 24 anos que vive a sua vida num bar junto com outras raparigas que fazem ali também o mesmo.
O camionista disfarçava o sentimento que tinha por Margarida e muitas vezes aludia a profissão dela. Contrariamente a prostituta que deixava transparecer o sentimento dela. Ela queria ir para Portugal com o camionista deixando-o por vezes chateado com a insistência. Os dois também mostraram-se ter momentos alegres aceitando o sentimento que tinham.
No bar aconteceram jogos, divertimentos com outras personagens. Também uma certa culpabilidade pelo facto das mulheres serem muitas vezes a causa das coisas que acontecem, como no final da história com o camionista que acaba sendo morto por um revolver, pelo Silva, que diz ter uma conta da sua mulher para pagá-lo. Depois da tragédia e do sofrimento da Margarida, silva oferece- a dinheiro para que ela parte com ele e ainda ameaça-a. A prostituta perante um dilema deixa a possibilidade de não voltar mais a prostituir-se, mas como não tem escolha visto que, o desemprego leva prostituição, viaje com silva para o Algarve pois a vida dela é imutável.
Reflexão: Achei apropriado o título que descreve bem história porque é numa noite que aconteceu muitas coisas mas praticamente resumiu-se a nada no final. Gostei muito do livro embora mostra um fim que não estava a espera mas, compreensível por causa da realidade das coisas que mostrou-se perante o desenrolar deste. O autor mostrou-se dividido perante um dilema e parece optar por aquilo que era o óbvio mas não o necessário. A história mostra muita bem representada por causa do diálogo que facilita muita a compreensão e o bom desenrolar deste.
Raquel Cadina Gomes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s