Olhares de Saudades, XI capítulo Amadora e Jeremias.

Escolhi o livro de João Furtado e Arlete Piedade, intitulado Olhares de Saudades e vou partilhar o XI capítulo Amadora e Jeremias.

Jeremias chegou a Amadora no mês de Março do ano de 1974 e trabalhava como servente de pedreiro na construção civil. Naquela época houve um grande crescimento nesta área com a chegada de vários emigrantes da província Portuguesa e de Cabo Verde. E chegavam alí atraídos pelo desenvolvimento económico que dava origem a novos empregos.

Com a revolução de cravos no dia 25 de Abril de 1974 houve sucessivas alterações nas leis e com isso houve declínio no sucesso da construção,foi aí que Jeremias chegou chamado por um tio que era mestre de obra, trabalhou como servente e vivia num contentor junto com os outros emigrantes Cabo Verdianos. Ele é que tomava conta do lugar e também era responsável pelas refeições, aproveitava da madeira das paletes para cozer os alimentos. Quando terminava o trabalho ele enchia os bidões e lavavam ali mesmo e a seguir iam descansar. Jeremias queria aprender tudo do ofício e ao fim do mês era ele quem preparava a massa na betoneira, e também começou a orientar os recém chegados a fazerem o almoço e depois foi encarregado dos serventes.

Com a euforia da pós-revolução e com o inicio de novos prédios ele começou a trabalhar como pedreiro, ele aprendia rápido e com um ano de trabalho como pedreiro o patrão nomeou-o chefe dos pedreiros. Com a greve que houve no verão de 1975 ele já tinha formado a sua própria equipa de trabalhadores naturais de Cabo Verde, no fim do ano com as escrituras já feitas o patrão pagou-lhe e ofereceu-lhe um bilhete de passagem para Cabo Verde. Quando chegou á obra no primeiro dia encontrou mudanças que não lhe agradaram porque o patrão já idoso decidiu que os filhos tomassem conta da construção. Foram lhe apresentadas novas regras de trabalho e depois convidou os colegas para a casa dele onde deu notícias de Cabo Verde e entregou as cartas e recados que tinha trazido. Manifestaram os seus sentimentos de revolta em geral, e depois de acalmarem Jeremias fez-lhes uma nova proposta.

_______________________________________________________________

A minha impressão é que não devemos desistir dos nossos objectivos mesmo que isso torne difícil, ou seja, temos que saber ultrapassar as dificuldades e ter muita confiança e determinação que chegaremos lá.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s