A Raposa e o Bode

Eu vou partilhar um texto de Millôr Fernandes intitulado “A Raposa e o Bode”. Tudo começou quando uma raposa caiu no fundo de poço e não conseguiu sair. Então um bode estava a passar por ali no momento, vendo a raposa e por curiosidade resolveu perguntar a ela o que estava fazendo dentro do poço e a raposa respondeu-lhe dizendo que vinha por ai um terrível seca de toda a história do nordeste. Para convencer o bode, a raposa disse que saltou no fundo do poço a aguardar brotar água só para ela e que se o bode quisesse poderia faze-la companhia  Sem pensar duas vezes, o bode saltou no fundo do poço e a raposa imediatamente saltou-lhe nas costas, apoiando-se num dos chifres do bode e saltou fora do poço, enquanto berrava: “Adeus compadre!”.

Impressão: A impressão que tirei é que nem sempre devemos confiar em quem está em dificuldades.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s