A letra escarlate

Nathaniel Hawthorne, autor do livro “The Scarlet Letter”, relata a história de Hester Prynne que, tendo casada e depois sido abandonada pelo médico chamado Roger Chillingworth, cometeu adultério por ter-se envolvido num relacionamento anticonjugal com um dos reverendos da Cidade de Boston, nos Estados Unidos da América. Deste adultério resultou uma linda criança chamada Pearl, mas Hester nunca revelou a identidade do seu verdadeiro pai. Sendo casada e não estando o seu marido presente ela foi diversas vezes questionada sobre a identidade do pai da sua filha e ela sempre se recusara a revelá-la. Vivendo ela numa sociedade puritana, que era considerada pelos mesmos a sociedade padrão, ela seria julgada e condenada pelos padres e reverendos da cidade pelo pecado cometido. Foi aí então que ela foi presa e após ter sido liberta foi forçada a subir numa alta plataforma onde seria julgada e logo após condenada a utilizar um vestido vermelho que possuía a letra “A” no peito. Na sociedade puritana a cor vermelha só era utilizado por mulheres prostitutas ou mulheres que tivesses uma personalidade duvidosa e, por sua vez, a letra “A” neste caso seria o mesmo que “Adúltera”. Ao longo do texto ela reencontra o seu marido que, envergonhado por ter sido traído, a faz prometer que ela não revelaria o seu segredo. Mais a frente Roger Chillingworth começa a interpretar um papel de marido vingativo sobre o reverendo, pois já estava desconfiado da sua reputação. Certo dia se encontra com o reverendo e conta-lhe a verdadeira identidade de Chillingworth. Este então começa a desvendar o puzzle que lhe incomodara por muito tempo. Então, muito influenciado por sua própria consciência, o reverendo subiu, ao lado de Hester e Pearl, na mesma plataforma em que Hester tinha sido julgada e condenada e revelou o seu pecado publicamente acabando por morrer por encargo de consciência. Chillingworth, tendo conseguido a tão desejada vingança morreu em seguida enquanto Hester saia da cidade retornando anos mais tarde com um “A” de “Apta” no lugar da do “Adultério”.

_______________________________________________________________

A impressão retirada deste livro é que a confiança e a perseverança devem sempre ser a base de qualquer relacionamento. Ainda neste, pode ser observada a insignificância da vingança que pode levar a decadência tanto física como psicológica ou mesmo a própria morte.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s